Segunda, 20 de Setembro de 2021
43999564777
Dólar comercial R$ 5,33 0%
Euro R$ 6,25 0%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.083%
Bitcoin R$ 268.345,09 +2.269%
Bovespa 108.843,74 pontos -2.33%
Economia Paraná Norte Negócio

BRASIL DEVE TER RECORDE DE PRODUTIVIDADE NO MILHO SAFRINHA.

Bom para todos

12/05/2019 22h46 Atualizada há 2 anos
1.154
Por: Jomar Medeiros Fonte: jn
Sergio pai e filho investindo em estocagem
Sergio pai e filho investindo em estocagem

A continuidade do tempo favorável nas últimas semanas, com chuvas regulares em praticamente todas as áreas produtoras, deve garantir ao Brasil uma segunda safra de milho recorde.

O país deve colher na chamada safrinha 68,43 milhões de toneladas do cereal, um salto de 27 por cento ante a temporada anterior, marcada por problemas climáticos.

Além de um plantio histórico, de cerca de 12 milhões de hectares, em linha com 2016/17, a segunda safra de milho neste ano está sendo favorecida pela colheita adiantada da soja, o que garantiu ao cereal uma semeadura dentro de boa janela climática.

Com a oferta elevada do cereal, com uma produção total em 96,8 milhões de toneladas (primeira e segunda safra), as exportações têm espaço para alcançar níveis recordes, estimadas atualmente em 32 milhões de toneladas. Contudo, destaca-se que a competição no mercado exportador deve ser acirrada, com Argentina e Ucrânia, além dos EUA.

 

No Paraná:

A Secretaria de Agricultura e do Abastecimento do Paraná divulgou, por meio do Departamento de Economia Rural (Deral), seu o relatório de plantio, colheita e comercialização das principais safras do estado.

O levantamento apontou que 13% do milho safrinha paranaense já está em fase de maturação e 46% está em fase de frutificação. Ao mesmo tempo, 30% está em floração e outros 11% seguem em descanso vegetativo, nas lavouras que se apresentam 93% em boas condições e 7% em médias.

Já no milho de primeira safra, 97% da área já foi colhida no estado, com 100% do restante já em maturação. Além disso, 87% do total apresentam boas condições no momento.

Perspectiva de oferta elevada mantém cotações em baixa

Devido a este bom desenvolvimento das lavouras de milho se mantém a perspectiva de oferta elevada no segundo semestre, de acordo com pesquisas do Cepea. Atentos a esse cenário e já abastecidos, compradores realizam pontualmente aquisições de pequenos lotes. Já produtores estão mais interessados em negociar, tanto no mercado spot quanto no futuro. Nesse contexto, os preços do cereal seguem em queda.

Sergio Bam Ferreira
Sobre Sergio Bam Ferreira
PARANÁ NORTE NEGÓCIAS
Cambará - PR
Atualizado às 23h59 - Fonte: Climatempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 38°

27° Sensação
12.3 km/h Vento
35.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 39°

Sol com algumas nuvens
Quarta (22/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Anúncio