12°C 28°C
Cambará, PR
Publicidade

Projeto de extensão da UENP promove saúde da Mulher em Bandeirantes

O projeto tem o objetivo de realizar exame preventivo de câncer de colo de útero e exame clínico de mama de trabalhadoras e de estudantes.

03/07/2024 às 00h20
Por: Jomar Medeiros Fonte: Da Assessoria
Compartilhe:
Projeto de extensão da UENP promove saúde da Mulher em Bandeirantes

Há cinco anos, o projeto de extensão “Atenção à Saúde da Mulher: Promoção da Saúde e da Autonomia para a Vida”, do curso de Enfermagem, da Universidade Estadual do Norte do Paraná, Campus Luiz Meneghel, promove a prevenção e a detecção do câncer de colo de útero e de mama. O projeto realiza os atendimentos na Clínica de Enfermagem e Multiprofissional da UENP, em Bandeirantes.

O projeto tem o objetivo de realizar exame preventivo de câncer de colo de útero e exame clínico de mama de trabalhadoras e de estudantes. Mais recentemente, foi implementada à ação o acolhimento e o direcionamento de mulheres vítimas de violência. Os atendimentos ocorrem fora do horário comercial, toda quarta-feira, das 17h às 21h.

A coordenadora do projeto, Emiliana Cristina Melo, explica que, durante os atendimentos, além do formulário base que deve ser preenchido com os dados da mulher, o histórico obstétrico e de saúde, as pacientes passam pela consulta de Enfermagem e realizam os exames preventivos. “Após a coleta do exame, orientamos a mulher a procurar o resultado após 30 dias. Quando o resultado chega, a paciente é informada por telefone. Caso haja alguma alteração desfavorável, realizamos uma orientação presencial com a mulher, com nova consulta e encaminhamento para o atendimento médico”, disse Emiliana.

Para a aluna do quarto ano de Enfermagem e bolsista do projeto, Bruna Rafaela Alves Gonçalves, é importante que as mulheres se sintam acolhidas durante o atendimento. “Nós prezamos por estabelecer um vínculo com a mulher, damos abertura para que ela fale sobre diferentes assuntos. Por ser um exame desconfortável e invasivo, a paciente acaba tendo uma certa intimidade com a gente. Precisamos mostrar que é necessário realizar o exame com frequência e que isso pode ser de um jeito leve e humanizado”, conta.

A estudante Amanda da Silva Estampreski, de 25 anos, é uma das mulheres que realizou os exames preventivos no projeto. “Eu gostei muito do atendimento. Elas conseguem nos deixar confortáveis, à vontade na hora da consulta. Todo o procedimento é tranquilo. Elas explicam tudo que será feito e tiram todas as dúvidas. É muito importante que a Universidade ofereça um serviço como esse para toda a comunidade e que incentive a realização dos exames periodicamente”, acentuou.

“Os cânceres de mama e de colo do útero são os tumores malignos mais frequentes entre as mulheres brasileiras. Os exames são importantes para a prevenção e detecção precoce dessas doenças e de outras infecções sexualmente transmissíveis. Durante as consultas, também falamos sobre outros assuntos de educação sexual e higiene íntima. Muitas mulheres chegam com perguntas e procuramos sanar todas as dúvidas”, frisou Bruna.

Para além do atendimento à comunidade, o projeto de extensão também traz benefícios para a formação acadêmica. “Nossos alunos têm a oportunidade de aprender e de exercitar conteúdos formativos, desenvolvendo habilidades finais, intelectuais e emocionais para a prática do cuidado em saúde. Com o projeto, eles têm a possibilidade de realizar um contato direto com a comunidade, o acolhimento, desenvolvendo habilidades relacionadas à responsabilidade e ao compromisso, além do trabalho em equipe”, apontou a professora.

“Participar do projeto desde meu primeiro ano da graduação tem sido muito importante para a minha formação. A saúde da mulher vai muito além dos exames preventivos. É importante saber lidar com a paciente, saber realizar um atendimento humanizado, dar espaço para o outro falar e saber ouvir. A gente desenvolve uma responsabilidade maior, estuda mais, para poder estar preparada para as dúvidas que podem surgir durante as consultas. Tem sido uma experiência enriquecedora”, disse Bruna.

Para receber o atendimento pelo projeto, é necessário agendamento diretamente na Clínica de Enfermagem da UENP (Rua Vicente Inácio Filho, 241 - Bandeirantes) ou pelo telefone (43) 99157-6324. O projeto também promove eventos, realiza palestras e divulga informações sobre a saúde da mulher via redes sociais, pelo instagram @uenp_saudedamulher.

 

Sem foto
Sobre o município
Notícias de Bandeirantes - PR
Ver notícias
Cambará, PR
14°
Parcialmente nublado

Mín. 12° Máx. 28°

13° Sensação
1.51km/h Vento
55% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h57 Nascer do sol
05h55 Pôr do sol
Sex 29° 14°
Sáb 29° 16°
Dom 32° 16°
Seg 30° 17°
Ter 17° 12°
Atualizado às 02h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,66 -0,03%
Euro
R$ 6,13 -0,04%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,10%
Bitcoin
R$ 384,721,46 -2,45%
Ibovespa
126,422,73 pts -0.13%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Anúncio