Segunda, 26 de Julho de 2021
43999564777
Saúde Mortes por covid-19

Paraná bate recorde de mortes por covid-19 na pandemia

As últimas 24 horas foram as piores durante toda a pandemia com as 495 novas mortes por Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SESA).

19/06/2021 14h33
203
Por: Jomar Medeiros Fonte: Blog do Esmael
Da assessoria
Da assessoria

Nesta sexta-feira (18/6), o Paraná atingiu 29.508 óbitos e acumulou 1.175.032 casos de infecção pela doença.

O macabro recorde de mortes batido hoje assusta a capital paranaense e levou o prefeito da Cidade, Rafael Greca (DEM), ontem (17/6), a exigir do governador Ratinho Junior (PSD) que troque a propaganda na televisão pelas vacinas.

“Não estou pedindo nenhum favor, eu peço respeito a Curitiba”, afirmou Greca em um vídeo publicado nas redes sociais. “Estou pedindo que as vacinas que serão repassadas agora pelo Ministério da Saúde façam a equiparação daquilo que nos é devido e que nós temos perdido por discrepância ou por falha técnica”, disse.

Em Curitiba, a situação é bastante crítica com taxa de 101% na ocupação dos leitos de UTI no Sistema Único de Saúde (SUS).

Embora o governador Ratinho e a velha mídia corporativa, alinhada com o Palácio Iguaçu, repitam exaustivamente que a vacinação no estado ganhou velocidade de cruzeiro, o mapa da vacinação denuncia que as fake news não batem com a realidade.

Até agora (sexta), apenas 11,22% da população do estado tomou as duas doses da vacina. Esse percentual equivale a 1.291.786 pessoas, de acordo com a SESA.

Estudo divulgado hoje pela tradicional Universidade Federal do Paraná (UFPR) assegura que, para conter a pandemia, é preciso vacinar 56% da população com as duas doses. Ou seja, ainda há muito chão pela frente.