covid
Luam
Volta do auxílio

Bolsonaro admite volta do auxílio emergencial: “vai ter uma prorrogação”

O presidente Jair Bolsonaro admitiu pela primeira vez que haverá uma prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, suspenso desde o mês de dezembro.

09/02/2021 20h30
Por: Jomar Medeiros
Fonte: Gazeta do Povo
224
Foto: Evaristo Sá/AFP
Foto: Evaristo Sá/AFP

A afirmação foi feita nesta segunda-feira (8) durante entrevista à Band TV. Bolsonaro, no entanto, não deu maiores detalhes sobre o valor e o número de parcelas.

“Acho que vai ter. Vai ter uma prorrogação. Foram cinco meses de 600 reais e quatro meses de 300.

 O endividamento chegou na casa dos 300 bilhões. Isso tem um custo. O ideal é a economia voltar ao normal”, disse.

O presidente lembrou ainda que a medida precisa ser feita com responsabilidade.

“Se você não fizer com responsabilidade isso, você acaba tendo desconfiança do mercado, aumenta o valor do dólar, passa para R$ 6, vai impactar no preço do combustível. Fica uma bola de neve.”, disse.

 A fala marca uma mudança de posicionamento do presidente com relação ao benefício.

 Em declarações, anteriores, Bolsonaro afirmou que a prorrogação do auxílio emergencial “quebraria o Brasil” e que o benefício “não era aposentadoria”.

Na manhã de hoje, o presidente confirmou a possibilidade da extensão do pagamento durante conversa com apoiadores, justificando que os produtos da cesta básica estavam muito caros e que “o povo está empobrecendo”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.