covid
Luam
Emoção na despedida:

Corpo do jovem Caminhoneiro que morreu queimado é levado em cortejo em cima de caminhão em Santa Teresinha do Itaipu

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento da despedida ao jovem Henrique Mateus, que morreu carbonizado na manhã de ontem (4) após colidir o caminhão que dirigia contra a traseira do caminhão conduzido por seu pai, na BR-467, trecho entre Cascavel e Toledo.

06/02/2021 19h56Atualizado há 3 semanas
Por: Jomar Medeiros
Fonte: OLHO ABERTO PARANA
1.162
Divulgação
Divulgação

O momento de despedida foi registrado por amigos e familiares que acompanharam o cortejo até o cemitério de Santa Terezinha de Itaipu onde o corpo do jovem de 23 anos foi sepultado.

Um caminhão, veículo que o jovem era apaixonado desde a infância, levou o corpo do rapaz acompanhado pelos irmãos e pelo pai que presenciou o momento da morte do filho.

O acidente chocou a todos que viram as imagens que circularam pelas redes sociais, postagens comoventes e muitas homens foram publicadas por familiares e amigos.

Neste momento de muita dor, todos nós nos solidarizamos e sentimos muito pela perda da família, mas entre os vários pensamentos que rondam na nossa cabeça, talvez o principal seja que jamais um pai ou uma mãe deveriam ver um filho partir.

De fato! Só quem passou por essa tristeza poderia dizer que, com certeza, não deve haver dor maior.

Mas os questionamentos seguem, qual o motivo que isso aconteceu? Ou então, por que Deus permitiu que isso acontecesse?

Infelizmente não há respostas, não se pode afirmar o motivo de tamanha provação, mas acreditar que em tudo na vida há um propósito, mesmo nos momentos que nos causam mais sofrimento, talvez seja a saída para minimizar uma dor que será eterna.

Nós não fomos preparados para perda, não estamos desprendidos do mundo material e mesmo os que acreditam no reencontro ou na sequência da vida para além da matéria, o desapego à carne, ao corpo físico, continua sendo algo que será motivo de tristeza, haja vista ser um sentimento inerente ao ser humano em sua forma.

Mesmo não havendo palavras ou qualquer outra coisa que possa servir de consolo nesse momento, todos os pensamentos positivos, orações e boas vibrações serão emanadas a toda família.

Que possamos a partir de situações tão tristes como esta, relembrar o quanto somos insignificantes diante o universo e que num piscar de olhos podemos simplesmente não estar mais nesse plano.

 Talvez se refletíssemos diariamente sobre a fragilidade que é ser humano, apreenderíamos a dar mais valor às pequenas coisas, aos detalhes da vida e principalmente do amor que devemos sentir pelo próximo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.